como-programar-jogos,

Como ser um programador de jogos: Programando com estilo

Bruno Cicanci Bruno Cicanci Seguir 17 de Março de 2015 · 1 min de leitura
Como ser um programador de jogos: Programando com estilo
Compartilhe

Faz um bom tempo desde que escrevi o último post desta série, mas agora pretendo voltar com a frequência de 1 post por semana sobre como como ser um programador de jogos. Por mais que o título seja sobre programação, muitas dicas já apresentadas são úteis para todas as áreas.

Programar com estilo não é escrever um código enquanto salta de um avião e fazer ele compilar com sucesso antes de abrir o paraquedas, mas sim programar seguindo um estilo ou um padrão que deixe o código mais organizado e fácil de entender para outros programadores.

A primeira vez que li um documento sobre padronização de código foi enquanto trabalhava na EA. Era um documento bem completo sobre melhores práticas de programação em C/C++ para deixar o código organizado e bem escrito para qualquer desenvolver trabalhar sem problemas.

Muitas empresas de tecnologia tem este tipo de documento, porém poucas publicam na internet. Neste post reuni alguns muito interessantes para se estudar e que são públicos.

Vale a pela ler antes de programar, e se for o caso procure algo voltado para a linguagem de programação que você está utilizando no momento. E você, conhece algum guia que faltou aqui?

Veja todos os posts desta série clicando aqui!

Gostou do post?
Como muitos programadores, aprecio um bom café. Se curtiu este conteúdo, que tal me presentear com um café?
Bruno Cicanci
Escrito por Bruno Cicanci Seguir
Bacharel em Ciência da Computação e pós-graduado em Produção e Programação de Jogos. Atuo profissionalmente com desenvolvimento de jogos desde 2010. Já trabalhei na Glu Mobile, Electronic Arts, 2Mundos, Aquiris, e atualmente na Ubisoft em Londres. Escrevo neste blog desde 2009.