livros,

Introdução ao GitHub: um guia que não é técnico

Bruno Cicanci Bruno Cicanci Seguir 9 de Março de 2015 · 2 min de leitura
Introdução ao GitHub: um guia que não é técnico
Compartilhe

A editora Novatec lançou trouxe para o Brasil o livro Introdução ao GitHub: um guia que não é técnico. Os autores Peter Bell e Brent Beer, ambos instrutores da equipe de treinamento do GitHub, dão uma introdução ao serviço e mostram todas as suas features.

O GitHub é muito mais do que apenas um repositório Git, ele também é uma plataforma criada para desenvolvimento colaborativo, ou seja, tudo nele é voltado para facilitar a vida de quem trabalha em equipes.

Eu conheço o GitHub desde 2011, e já usei por meses em uma empresa que trabalhei, porém mesmo assim este livro me ensinou coisas novas. Eu via o GitHub como um repositório GIT que, ao contrário do seu concorrente BitBucket, precisava pagar para ter repositórios privados, porém após ler este livro eu comecei a entender melhor seu potêncial.

Muitas coisas no GitHub (muitas mesmo!) são focadas para o desenvolvimento em equipe, por isso se você só usa ele como um repositório para guardar seus projetos (eu faço isso no BitBucket), realmente não existem muitas vantagens. Porém, quando começamos a usar as ferramentas disponíveis nele, e explicadas neste livro, tudo muda.

O gráficos explicados no capítulo 2 são incríveis para quem é gerente de projeto ou líder de equipe, pois mostram claramente a evolução do projeto baseado nos commits e não em um quadro de tarefas. As vezes ficamos na mesma tarefa a semana a sprint inteira, porém isso não quer dizer que nenhum trabalho é realizado, e estes gráficos ajudam neste ponto.

O capítulo 4 explica como funciona a colaboração no GitHub, e sem dúvidas foi o capítulo que mais me chamou a atenção e me ensinou coisas novas. Eu ainda prefiro o BitBucket para guardar meus projetos, por ser gratuito para repositórios privados, porém o GitHub sem dúvidas é uma ótima opção para equipes.

Outra característica bem legal do GitHub, que não está no livro mas eu sou fã, é a facilidade de achar código-fonte de projetos para estudar. Neste post você pode ver alguns links de projetos de jogos open-source para estudar.

Muito obrigado a Editora Novatec por me enviar este livro para fazer esta review. Você pode comprar este livro e outros no site da Novatec, e utilize o código GAMEDEVELOPER para ter desconto na compra!

Gostou do post?
Como muitos programadores, aprecio um bom café. Se curtiu este conteúdo, que tal me presentear com um café?
Bruno Cicanci
Escrito por Bruno Cicanci Seguir
Bacharel em Ciência da Computação e pós-graduado em Produção e Programação de Jogos. Atuo profissionalmente com desenvolvimento de jogos desde 2010. Já trabalhei na Glu Mobile, Electronic Arts, 2Mundos, Aquiris, e atualmente na Ubisoft em Londres. Escrevo neste blog desde 2009.