André Kishimoto, professor do curso de Jogos Digitais na Unicsul e engenheiro de software na Electronic Arts, escreveu o livro Programação Windows: C e Win32 API com ênfase em multimídia, que agora está sendo disponibilizado gratuitamente para download.

A Mariana Boucault trabalhou comigo na Glu Mobile, era foi QA em alguns projetos de porting de jogos em J2ME que participei. Ela também foi QA em jogos de iOS desenvolvedos no estúdio da Glu Mobile em São Paulo, como o Circus City (vídeo na entrevista abaixo).

A game engine Unity mudou muita coisa no desenvolvimento de jogos independentes quando, em 2009, lançou uma versão gratuita ilimitada para desenvolvimento de jogos para PC, Mac e Web (com plugin próprio). Até então não existia uma opção gratuita (ilimitada) para estudantes, entusiastas e pequenos desenvolvedores independentes que queria desenvolver jogos com qualidade em 3D, porém utilizando uma game engine profissional.

O Rafael Martins, também conhecido como Alemão, tem alguns anos de experiência com desenvolvimento de jogos para dispositivos móveis. Começou a trabalhar como programador em jogos J2ME e BREW na Skyzone.

Forza Motorsport 4 é um dos melhores e mais completos simuladores de corrida já feitos, e eu considero seu maior defeito ser exclusivo para Xbox 360, pois existem volantes e placas de vídeo incríveis para PC que seriam perfeitos para tornar a experiência de jogá-lo ainda melhor. Infelizmente, o Xbox 360 tem poucos volantes disponíveis, e apenas um “profissional” criado pela Fanatec. Eu sou um grande fã de jogos de corrida e simuladores, inclusive já escrevi um post aqui sobre alguns jogos bem legais.

Conheci o Nicholas em 2006, quando trabalhamos juntos como estagiários na Level Up! Games. Nessa época, Nicholas estava em seu último ano da primeira turma de Design de Jogos da Universidade Anhembi Morumbi. Além de ser um dos primeiros Game Designers formados no Brasil, ele também ganhou um concurso chamado JogosBR.

Em primeiro lugar peço desculpas pela falta de posts novos no blog, logo irei postar mais coisas com frequência por aqui. Enquanto isso, decidi começar a fazer post menores para recomendar coisas legais, assim o blog fica sempre atualizado e eu divulgo mais coisas legais sobre desenvolvimento de jogos.

Jogos online para navegadores em redes sociais atraem novos jogadores todos os dias. Com sua simplicidade, capacidade de socialização e alguns modelos de negócio bem estabelecidos, estes jogos estão crescendo cada vez mais. Um dos principais fatores que contribuiram para o crescimento das redes sociais foram os jogos, mas eles nem sempre estiveram lá. No início, as redes sociais eram apenas sites de relacionamento, e jogos online de navegadores ficavam em sites específicos ou agregadores.

O maior problema que um programador de jogos sempre enfrenta não está relacionado a algoritmos, problemas de hardware ou falta de café. Seu maior problema é a arte para seu jogo.

Ed Fries, um veterano da indústria de jogos, criou uma versão do Halo para Atari 2600 e apresentou seu jogo na Classic Gaming Expo, em 2010. No evento, Ed vendeu alguns cartuchos limitados com seu jogo e depois publicou gratuitamente na internet para ser rodado em emuladores de atari ou gravado em curtuchos, como o Harmony Cartridge.