gamedeveloper

Postmortem: Geometry World

Eu sempre recebo e-mails pedindo para divulgar jogos, porém isto é algo que decidi desde o início do blog não fazer. Eu acho importante divulgar, mas fazer um post falando de um jogo não é o tipo de conteúdo que eu quero para o blog, por isso sempre respondo falando que não faço reviews ou divulgação de jogos, mas sempre ofereço uma oportunidade para divulgação do jogo através de um postmortem. Desta forma o desenvolver ganha sua divulgação, e os leitores deste blog ganham uma história sobre o desenvolvimento de um jogo.

Postmortem: HueShark

Este é o décimo postmortem publicado aqui no blog. Fiquei muito feliz com este projeto em especial pois, diferente dos demais que entraram em contato depois do projeto estar pronto, o João Paulo comentou sobre este jogo em alguns posts do blog. É muito legal ver um leitor do blog (e sua equipe) desenvolvendo e publicando um jogo, e ainda mais contando a história do desenvolvimento aqui para encorajar outros desenvolvedores a publicar seus jogos.

Postmortem: Teharth Prologue - The Resources Dissolution

Este é o primeiro postmortem de um jogo de RPG publicado aqui no blog. Teharth Prologue – The Resources Dissolution é o terceiro jogo do Maurílio Eudes Okamoto, que já publicou os jogos Sou Sustentável e Manual do Skate, e o primeiro do Teharth Studios. Confira aqui um resumo de como foi o desenvolvimento deste projeto as dificuldades que a equipe encontrou para terminar e publicar o jogo e clique aqui para fazer o download do jogo.

Postmortem: Insect

Eu fico muito feliz quando outros desenvolvedores independentes e até estudantes tem o interesse de publicar um postmortem sobre o projeto aqui no blog. Neste post, o desenvolvedor Aleksiam de 17 anos do Rio de Janeiro conta como foi criar e publicar seu primeiro game no Google Play usando Unity.

Postmortem: Hungrymons

Há alguns meses um amigo conversou comigo e disse que queria começar a desenvolver jogos. Hoje, algum tempo depois, ele e seu amigo formaram um estúdio de jogos independentes e lançaram seu primeiro jogo para dispositivos móveis.

Postmortem: Cat-Fly

Neste postmortem conheça o jogo independente brasileiro Cat-Fly para Android e conheça os desafios enfrentados pelo desenvolvedor Cláudio Rainho para publicá-lo.

Postmortem: Manual do Skate

Depois de alguns postmortems de jogos digitais enviados pelos desenvolvedores, este é o primeiro de um jogo de tabuleiro e mostra algumas diferenças na criação de um jogo analógico.

Postmortem: Sou Sustentável

Mais um postmortem de um jogo produzido por desenvolvedores independentes no Brasil, desta vez vamos conhecer o que deu certo e o que deu errado durante a criação do jogo Sou Sustentável, desenvolvido pelo Okamoto Game Productions.

Postmortem: Combo Nuts

Mais um postmortem exclusivo para o blog, e desta vez é um jogo que eu participei do desenvolvimento como programador. Sabia como foi o precesso de produção do jogo Combo Nuts!

Postmortem: Happy Star Adventures

Este é o segundo postmortem de um jogo brasileiro que recebo para postar aqui no blog, desta vez é um jogo para o publico infantil desenvolvido com a Unity pelo Andre Dantas e publicado para Android. Confira os desafios que o Andre enfrentou em publicar seu primeiro jogo abaixo. Se você também fez um jogo e publicou em algum lugar, e quer publicar um postmortem aqui, entre em contato!

Postmortem: Come On Rio

As vezes recebo emails de desenvolvedores independentes brasileiros mostrando seus jogos recém lançados, e as vezes perguntam se eu posso divulgar. Como este blog é sobre desenvolvimento de jogos, e também meu portfólio, sempre respondi falando exatamente isso. Até que um dia recebi mais um emails desses, do Bernardo Dias, e dessa vez tive uma ideia diferente, que seria interessante para o blog, e também uma forma de divulgar o jogo: pedi para ele me enviar um postmortem do jogo.