Meu novo portfólio

Uma das dicas que sempre falo para quem está começando é montar um portfólio pois, mesmo que no início tenha apenas jogos curtos ou projetos de cursos, é algo para mostrar e é um opcional praticamente obrigatório em um processo seletivo na área de jogos.

Existem algumas coisas importantes que vale sempre lembrar. Se você é um programador, ninguém vai cobrar pela arte, design ou audio do seu jogo, mas vão cobrar (e perguntar) sobre as técnicas de programação, engine, linguagem, design patterns e qualquer outra coisa técnica que possa ser relevante ao jogo.

Até 2013 meu portfólio era uma categoria aqui no blog que listava os posts relacionados a meus projetos, porém isto não era muito prático para mostrar ou mesmo aplicar para vagas fora do país. Neste momento eu decidi separar o meu portfólio do blog e escrever o conteúdo dele em Inglês.

No início eu queria algo bem simples e fiz meu portfólio de 2014 utilizando apenas bootstrap. Meus projetos estavam lá, porém o layout estava bem ruim. Continuei utilizando apenas o bootstrap no meu portfólio de 2015, que acabou ficando inacabado por falta de tempo.

Porém, este ano, decidi refazer o portfólio mas queria ir um pouco mais além de apenas uma página estática. Decidi que queria hospedar o portfólio no GitHub Pages, o mesmo lugar que está hospedado este blog, porém não queria utilizar a combinação Ghost + Buster para publicar.

Foi então que decidi utilizar o Jekyll, um framework possui algumas features bem legal para criar blogs e sites, e o melhor é que o GitHub Pages suporta Jekyll nativamente. Inclusive estou pensando em refazer este blog utilizado Jekyll, mas isto é um projeto maior que exigem um certo planejamento para não quebrar algumas coisas.

Meu portfólio atual foi desenvolvido em poucos dias, utilizando meu tempo livre, e o resultado foi melhor do que o esperado. Você pode ver o projeto neste repositório e o portfólio aqui. Além dos projetos profissionais, também adicionei meus projetos pessoais e jogos que desenvolvi em game jams.

Coloquei apenas os jogos que foram desenvolvidos até o fim e publicados no meu blog ou em algum site, junto com imagens, videos e informações. Eu demorei mais para juntar toda essa informação e recursos do que montar o portfólio, mas todo esforço valeu a pena e hoje estou feliz com o resultado. Com o tempo vou adicionar mais detalhes sobre cada projeto, mas a base está pronta.

Minha sugestão é fazer o portfólio em Inglês e em um lugar separado. Nem precisa ser no GitHub Pages, pois existem diversos outros serviços como o Carbonmade e o Behance, ou você pode simplesmente colocar seus jogos em sites como GameJolt ou Itch.io, mas lembre de colocar detalhes do que você fez no projeto.

Deixe um comentário aqui com sugestões para melhorar meu portfólio, e também o link do seu para eu poder ver!