gamedeveloper

Blender 3D: Jogos e Animações Interativas

O Blender 3D é muito conhecido como um software gratuito e opensource para modelagem e animação em três dimensões, mas não é apenas isso. Allan Brito mostra em seu livro, Blender 3D: Jogos e animações interativas publicado pela Novatec, que podemos desenvolver jogos com sua engine própria.

Quando conheci o Blender fiquei impressionado pela qualidade do software. Eu não sou artista de 3D, mas pelo pouco que conheço não deixa a desejar se comparado com famosos softwares como XSI, Maya ou 3D Max. É claro que existem diferenças, mas por ser bom e gratuito o Blender é muito utilizado.

Muitas game engines como a Unity, CryEngine e UDK possuem suporte para importar modelos e animações criadas no Blender. Outra característica bem legal é que ele é um software multi plataforma e roda nos sistemas operacionais Windows, Linux e MacOSX. Por ser opensource, muitas empresas o adotam e alteram seu código para coisas mais especificas.

O que mais me chamou a atenção foi sua utilização para desenvolver jogos. Eu já tinha ouvido falar, mas só conheci lendo este livro. Você pode criar jogos completos no Blender através de programação visual, juntando blocos de lógica e ligando em seus modelos e animações. Por não precisar de código, o Blender facilita o desenvolvimento de jogos para quem não é programador.

É claro que não é fácil se você não tem alguma noção de lógica, pois estes blocos são a abstração da programação do jogo representados em pedaços ligados nos objetivos dentro do Blender. Para programadores isso pode parecer meio estranho, pra mim pareceu, mas realmente facilita para artistas.

Este livro apresenta muitas características legais do Blender, desde conceitos básicos de modelagem e animação, até criação de menus, física, controles, colisão e outros itens necessários para fazer um jogo. O Blender exportar o jogo como um executável para desktop, com suporte aos sistemas operacionais que ele roda.Confira abaixo um video de demonstração com animações criadas no Blender.

O Allan fez um excelente trabalho neste livro explicando desde o básico até coisas mais complexas, por isso recomendo o livro para quem nunca viu nada de 3D e também para quem já trabalha com isso. Da mesma maneira que é bom um programador estudar outras linguagens de programação, um artista não deve ficar preso a uma tecnologia.

O autor também possui outro livro sobre Blender para animações, já que o foco deste livro é o uso do software para criar jogos. É interessante, e até relaxante, brincar com a engine de jogos do Blender, é como criar algo unindo bloquinhos de Lego.

De uma chance ao Blender, é gratuito e muito completo. Muito obrigado a Novatec por me enviar o livro! Você pode comprar Este livro pelo site da Novatec clicando aqui.