gamedeveloper

Final Frontier: Game Design Document

Final Frontier: Game Design Document

Estes 3 primeiros meses de 2017 foram bem parados para o blog mas logo vou voltar a postar com mais frequencia, principalmente posts sobre o andamento deste projeto (que também ficou parado nos últimos meses). Uma das coisas que deixei pendente no último post foi terminar uma primeira versão de um GDD (Game Design Document) para o projeto, com algumas informações importantes que eu tinha em um caderno.

Primeiro GDD

Uma das coias que deixei pendente no último post foi terminar uma primeira versão de um GDD (Game Design Document) para o projeto, com algumas informações importantes que eu tinha em um caderno. Para manter tudo em um mesmo lugar, eu comecei o GDD em uma wiki dentro do repositório do projeto no GitHub, assim fica mais fácil para acessar do que deixar um documento público no Google Drive.

Um GDD não é um documento definitivo, ele costuma mudar bastante durante o desenvolvimento de um jogo. Por isso decidi escrever uma primeira versão bem básica para ter um ponto de partida, e enquanto o desenvolvimento do projeto avançar ou manter este documento atualizado. No meu caso não vale a pena ficar muito tempo escrevendo um GDD, por que eu não pensei em todo jogo ainda, mas valeu a pena passar para o arquivo minhas anotações.

Usei como base um modelo de GDD de 10 páginas que está no final do livro Level Up: Um guia para o design de grandes jogos, do Scott Rogers. Neste livro existe também um modelo de uma página e outro bem maior e com mais detalhes, porém achei suficiente começar me baseando no modelo intermediário. Recomendo bastante este livro de game design, o conteúdo é muito bom e ele é fácil de achar em livrarias grandes.

O GDD está divido em 10 partes, sendo que cada uma corresponde a uma página do modelo:

  • Página de título
  • História e gameplay
  • Fluxo de jogo
  • Personagens e controles
  • Conceitos de gameplay e características de plataforma
  • Mundo do jogo
  • Interface
  • Mecânicas e power-ups
  • Inimigos e bosses
  • Cutscenes, materiais bônus e concorrência

Apesar de simples é um ótimo modelo para começar a colocar as ideias do jogo em ordem, e a partir disso é possível expandir e adicionar mais detalhes sobre o projeto. Este é o meu objetivo, porém este GDD deve ficar sem atualizações até que grande parte do conteúdo desde documento já esteja implementado no jogo. Como todo conteúdo do projeto está em inglês, e o GDD está no mesmo repositório, decidi escrever em inglês.

De volta a Unity

Com minhas anotações ordanizadas em um GDD chegou a hora de voltar a programar, mas com uma noção mais clara de onde quero chegar. Vou mantar as tarefas do projeto atualizadas no repositório do projeto também, mas não vou planejar com muita antecedência tudo que pretendo fazer. Pelo menos o que está em andamento e o que foi desenvolvido estarão atualizados.

Embora eu tenha ficado uns 4 meses sem desenvolver este projeto, isso foi algo bom por que neste período aprendi bastante coisa legal que pretendo colocar em prática. Como escrevi no post anterior devo organizar melhor o projeto para que ele não seja só um playground, e eu nem vou chamar ele de protótipo mais. Final Frontier será um jogo completo, só não sei dizer quando terminarei ou até onde quero chegar, mas espero que eu consiga mostrar seu desenvolvimento aqui no blog.

Conclusão

Estou ansioso para continuar este projeto e postar sobre seu progresso aqui no blog! O andamento do projeto pode ser conferido no GitHub. Todos os posts desta série sobre meu projeto podem ser vistos na tag Final Frontier, e como sempre qualquer sugestão ou opinião é bem vinda!