gamedeveloper

Como será 2013 para os desenvolvedores independentes

Como será 2013 para os desenvolvedores independentes

Tenho que começar esse post pedindo desculpas pela falta de novos posts aqui no blog, fiquei sem tempo pra escrever aqui nos últimos meses, mas agora vou voltar a manter este blog atualizado! Pra começar o ano, decidi escrever sobre as novidades e tendências este ano para os desenvolvedores de jogos independentes.

Há alguns anos atrás existiam poucas tecnologias boas e gratuitas para desenvolver jogos independentes ou por hobbie, e menos ainda lugares e oportunidades para publicar e divulgar os jogos. A geração atual de video games, e também o rápido crescimento do mercado mobile, fez surgir muitas ferramentas gratuitas para desenvolver jogos incríveis, aliadas a oportunidades para fazer dinheiro com isso sem precisar de uma empresa.

Em 2013 muita coisa legal vai acontecer, e a maior parte delas já começaram em 2012. Separei em tópicos algumas das coisas que eu considero mais importantes para ficar de olho este ano, mas isso não quer dizer que é “apenas” isso.

OUYA

O OUYA é projeto milhonário financiado pelo através de um projeto no Kickstarter saiu do papel ano passado, e algumas unidades destinadas a desenvolvedores começaram a ser enviadas. Até mesmo empresas brasileiras, como a Flux, já receberam seu kit de desenvolvimento e começou um projeto em parceria com outro studio brasileiro, o Reload.

A próxima etapa é começar a produção comercial do console. Eu acredito que o OUYA irá crescer muito com jogos independentes, sendo uma opção mais barata (e não menos divertida) do que um console “tradicional”. Empresas como a Unity estão apoiando o console com concursos para desenvolver e promover o OUYA, que roda jogos desenvolvidos para Android.

Smartphones e Tablets

Há 2 anos eu estava trabalhando na Glu Mobile com jogos em J2ME, que deveriam rodar em milhares de aparelhos, inclusive alguns hardwares muito fracos com telas de 128×160 pixels. O mercado mobile está crescendo tão rápido que em 2 anos os aparelhos estão cada vez melhores e avançados. Ano passado a HTC lançou um aparelho com tela Full HD (1920×1080), embora seja um resolução que está ficando comum para tablets, este foi o primeiro smartphone com esta tela absurda, e este ano as demais empresas do mercado também irão lançar aparelhos com resolução Full HD, ou até maior.

Estamos chegando em um nível tão avançado de hardware que poderíamos rodar jogos mais pesados de console e PC sem problemas. Eu disse “poderíamos” pois existem dois problemas que são barreiras para tormar um smartphone ou tablet em uma plataforma definitiva para jogos: bateria e memória.

Existem muitos jogos legais e viciantes para aparelhos móveis, porém você deixa de jogar para economizar bateria, pois poderá precisa do celular para outras coisas, e acaba não jogando. Outro problema é o tamanho que o jogo ocupa na memória. O FIFA 12, por exemplo, ocupa 1.5GB, o que é bastante para um jogo de celular, mas pouco para a qualidade e conteúdo desse jogo. Talvez a solução para esse problema seja aumentar a memória absurdamente, ou fazer streaming de jogos.

Streaming de jogos

Serviços como o OnLive permitem que você jogue em seu smartphone ou tablet jogos de PC com alto desempenho, só precisa uma conexão muito boa para jogar sem Lag. Nesse streaming, o jogo roda em um servidor do OnLive, que envia em tempo real a imagem para seu smartphone ou tablet.

Este é um serviço que pode virar uma tendência no futuro, pois mesmo que um tablet ou smartphone possa rodar um jogo pesado, eles não tem espaço na memória suficiente para armazenar um ou vários jogos. A grande barreira atualmente é o alto custo para os servidores que rodam os jogos, e também exige uma conexão de internet muito rápida e estável para ficar em Lag.

Novos sistemas operacionais mobile

Por enquanto temos, aparelhos Blackberry que rodam BlackBerry OS, aparelhos da Apple que rodam iOS, aparelhos de alguns fabricantes que rodam Windows, e aparelhos de diversos fabricantes que rodam Android. Porém, agora algumas empresas querem lançar seus próprios sistemas operacionais mobile, compatíveis com aparelhos que rodam Android.

Com esses novos sistemas operacionais, como o Firefox OS e o Ubuntu Phone, essas empresas estão buscando meios de incentivar os desenvolvedores a criarem aplicativos e jogos para seus sistemas. Muitos incentivos são destaques em suas lojas, além de softwares e suporte adequado para facilitar ao máximo a programação. Provavelmente outros sistemas operacionais irão surgir, mas não sei se esta fragmentação ainda maior do mercado mobile é interessante para os desenvolvedores.

SBGames em São Paulo

A SBGames, o maior evento brasileiro de games com foco acadêmico e profissional, será realizado este ano em São Paulo, na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em outubro. Eu, particularmente, estou empolgado e quero participar desse simpósio, talvez com um artigo.

Confiram no site as datas, palestras e tudo mais que irá acontecer na SBGames. Se você é de São Paulo, não perca essa oportunidade de conhecer outras pessoas que trabalham e estudam desenvolvimento de jogos.

Jogos com conteúdo em português

Grandes empresas estão cada vez mais preocupadas em localizar seus jogos para o emergente mercado brasileiro. Se jogos AAA estão saindo com legenda e até dublagem (como excelente trabalho feito no Forza Horizon abaixo), por que seu jogo independente não pode ter?

Os desenvolvedores independentes brasileiros sempre miram no mercado externo (o que está absolutamente correto), mas é legal também agradar aos jogadores de seu país com conteúdo localizado.

TV digital

Jogos em TVs estão ficando mais comuns lá fora, e aqui estamos começando a ver TVs com loja de aplicativos e jogos ficarem populares. Este é um mercado pouco explorado, onde poucas empresas estão dominando por ausência de concorrentes.

Não conheço muitos detalhes de como funciona para publicar um jogo, mas existe muita oportunidade nesta plataforma, que conta até com sensor de movimento e reconhecimento de voz.

O blog

Infelizmente, o blog ficou alguns meses parados. Porém, nesse tempo, eu fiquei organizando muita coisa que quero postar aqui, então logo os posts serão mais frequentes. Além disso, em breve o blog ganhará um novo layout que já está em desenvolvimento, e muitas novidades virão! Aguardem! =)