gamedeveloper

Como ser um programador de jogos: Cursos

Como ser um programador de jogos: Cursos

Essa parte é bem polêmica, pois profissionais da área tem uma opinião diferente dos acadêmicos. Poucos profissionais da área dão aula em cursos de desenvolvimento de jogos, e muitos acadêmicos que dão aula nunca fizeram um jogo e publicaram. Eu acreditava que muitos profissionais não davam aula por falta de tempo, mas quando dei aula no final do ano passado de XNA comecei a perceber o real motivo.

No geral, programar jogos é muito diferente de programar sistemas ou sites, pois envolve muitas disciplinas além de fazer código. Você pode fazer um curso de algumas semanas e aprender a programar sistemas e sites, mas isso não é verdade para jogos.

Por exemplo, para fazer um simples PONG é necessário ter uma base de matemática, física, lógica de programação e inteligência artificial, isso se você fizer um jogo sem som e com risquinhos no lugar da arte. Não estou falando que você precisa saber tudo isso, inclusive algumas coisas são bem simples no caso do PONG, mas mesmo assim é muito mais complexo do que programar sistemas e sites.

Jogos são tão complexos que para fazer um Super Mario, e realmente entender cada parte do desenvolvimento, seria necessária pelo menos um curso de 2 anos, com diversas matérias. Talvez eu esteja exagerando um pouco, mas isso é pra deixar claro como fazer jogos é complicado, e que cursos rápidos não vão te ensinar a fazer, vão apenas mostrar uma base.

Você quer programar jogos? Então faça Ciência da Computação ou Engenharia da Computação, essas são as formações que estão em qualquer vaga de programador de games como pré-requisito. Depois de fazer a graduação, ai você pode se especializar em games. Esse é o caminho que segui, e deu muito certo no meu caso. Me formei em Ciência da Computação, aprendi muitas coisas úteis pra games, depois fiz uma pós-graduação em produção e programação de games, e no final do curso já estava trabalhando na Glu Mobile e participando de concursos. Depois que apresentei meu TCC entrei na Electronic Arts. Infelizmente ambas empresas fecharam no Brasil, mas isso é uma discussão para outro post.

O que eu quero deixar claro aqui é que você precisa aprender a programar antes de aprender a programar games, e que um curso de programação de games vai te mostrar uma base bem básica, e que continuar depende apenas de você. Uma coisa que eu não consigo concordar é ver professores que nunca fizeram um jogo ensinando como desenvolver games, isso não faz o menor sentido. O que você acha de um médico que teve aula de cirurgia específica com um professor que nunca fez uma esta cirurgia, apenas leu sobre o assunto?

Tudo que falei neste tópico foi focado para programadores, e falei apenas em relação à cursos no Brasil. Porém, muitas dessas coisas são verdade para outras áreas também, pense bem antes de começar um curso de games, muitas vezes  você aprenderá mais com livros. Porém algumas pessoas precisam ver esta base em um curso, mesmo que seja básico.