BrowserQuest, o incrível MMO em HTML5 publicado pela Mozilla

O HTML5 é uma tecnologia recente, que veio com o objetivo de padronizar muita coisa do desenvolvimento web e talvez eliminar o Flash e seu plugin. Aos poucos, novos exemplos do poder do HTML5 estão surgindo, e essa semana foi publico um jogo online multiplayer incrível chamado BrowserQuest.

Desenvolvido por 2 pessoas, um artista e um programador, e publicado pela Mozilla, este jogo prova que é possível fazer jogos online de qualidade com HTML5 e WebSockets. Além da demonstração da tecnologia, BrowserQuest é um jogo muito bonito e divertido, e roda em qualquer navegador (desktop e mobile).

A Mozilla também publicou um texto explicando a tecnologia utilizada no jogo, e seu código-fonte foi publicado no GitHub. Apesar de ainda existirem problemas no HTML5, como a segurança, mas isso não vai impedir o avanço desta tecnologia nos próximos meses.

código-fonte de jogos no github

O GitHub é um website de “social coding” – uma rede social de projetos open source, com perfis de programadores e empresas que compartilham seus códigos. Empresas grandes como Facebook, Twitter, Microsoft e Mozilla tem seus repositórios de código público no GitHub, e qualquer pessoal pode baixar ou clonar o repositório para ver o código. Projetos famosos, como o framework Cocos2D também estão no GitHub.

Além das grandes empresas, o GitHub é um local para se encontrar diversos projetos pessoais de programadores que decidiram tornar público seu código, compartilhando seus aplicativos, bibliotecas e jogos. O GitHub também permite que equipes utilizem sua estrutura como repositório para seus projetos, porém os repositórios são sempre públicos. Qualquer pessoa pode ver seu projeto, mas apenas sua equipe poderá editá-lo.

Continue reading

concurso: ACIGAMES + Square Enix = Latin America Game Contest

A revista Start Playstation publicou um texto divulgado um novo concurso de desenvolvimento de jogos, resultado de uma parceria da ACIGAMES com a gigante Square Enix, com foco em desenvolvedores independentes da América Latina, chamado de Latin America Game Contest.

Esse concurso é bem interessante, pois além dos $35 mil dólares em prêmios, os vencedores podem desenvolver um novo projeto em parceria com a Square Enix. Na minha opinião, esse concurso foi realizado com um propósito maior, como identificar bons desenvolvedores de jogos na América Latina, especialmente no Brasil, sem precisar caçar pessoas em entrevistas. É só uma idéia, mas realmente pode ter algo maior por trás desse concurso e dessa parceria com a ACIGAMES, o jeito é esperar para ver.

Continue reading

curso de html5 – teoria e prática

Nos dias 19 e 26 de maio, eu e o André Kishimoto (falei sobre um livro dele neste post) iremos conduzir um curso sobre HTML5 na Digitalks em São Paulo.

Será um curso básico sobre esse novo padrão web, onde serão apresentadas as principais novidades do HTML5 para o desenvolvimento de websites e webapps. O foco desse curso não é o desenvolvimento de jogos, mas sim apresentar o básico sobre HTML5.

Hoje existe muitos aplicativos web feitos com HTML5, como o jogo Command & Conquer Alliances e vários aplicativos do Facebook. Os jogos que rodam no Google+ também foram desenvolvidos com HTML5. Os principais navegadores de internet do mercado dão suporte ao HTML5, e também é possível desenvolver aplicativos para dispositivos móveis utilizando HTML5, Javascript e CSS3.

Esta é a nova tecnologia web que está ganhando força e pode até substituir o Flash um dia. Tudo isso e muitos outros assuntos relacionados ao HTML5 serão tradados nestes dois dias de curso. Clique aqui para saber mais detalhes sobre este curso!

livro gratuito sobre programação em c com ênfase em multimídia

André Kishimoto, professor do curso de Jogos Digitais na Unicsul e engenheiro de software na Electronic Arts, escreveu o livro Programação Windows: C e Win32 API com ênfase em multimídia, que agora está sendo disponibilizado gratuitamente para download.

Além do ebook, foi disponibilizado também o código fonte de todos os exercícios do livro.

É um livro bem legal para quem quer estudar programação com C em aplicações multimídia como jogos.

O livro e o código fonte estão disponíveis no github. Conheça também seus dois blogs, tupinihon e pronz.

entrevista: Mariana Boucault – game designer na Insolita Studios

A Mariana Boucault trabalhou comigo na Glu Mobile, era foi QA em alguns projetos de porting de jogos em J2ME que participei. Ela também foi QA em jogos de iOS desenvolvedos no estúdio da Glu Mobile em São Paulo, como o Circus City (vídeo na entrevista abaixo).

Além de achar bugs nos jogos e me fazer corrigir, a Mari estudava na Anhembi Morumbi para se tornar uma Game Designer. Enquanto estava na faculdade, ela participou do desenvolvimento de alguns projetos de jogos, os vídeos de dois desses jogos estão na entrevista abaixo. Após se formar, Mari entrou na Insolita Studios como Game Designer, e hoje trabalha para criar mecânicas bem legais para os jogos do estúdio.

Por ser uma Game Designer, a entrevista teve algumas perguntas parecidas com a entrevista do Nicholas, mas suas respostas e experiências são únicas, por isso vale a pena conferir um pouco da trajetória de uma das poucas Game Designers do Brasil. Ah, não deixe também de conferir seu portfólio!

Continue reading

game engine Unity para iOS e Android gratuita até 8 de abril

A game engine Unity mudou muita coisa no desenvolvimento de jogos independentes quando, em 2009, lançou uma versão gratuita ilimitada para desenvolvimento de jogos para PC, Mac e Web (com plugin próprio). Até então não existia uma opção gratuita (ilimitada) para estudantes, entusiastas e pequenos desenvolvedores independentes que queria desenvolver jogos com qualidade em 3D, porém utilizando uma game engine profissional.

Agora a Unity está chamando a atenção dos desenvolvedores novamente, oferecendo gratuitamente as licenças para desenvolvimento para iOS e Android para qualquer pessoa até 8 de abril. Para se ter uma idéia, cada licença custava $400 dólares, e você pode pegar ambas de graça até o dia 8 de Abril.
Continue reading

entrevista: Rafael Martins – technical manager na Electronic Arts

O Rafael Martins, também conhecido como Alemão, tem alguns anos de experiência com desenvolvimento de jogos para dispositivos móveis. Começou a trabalhar como programador em jogos J2ME e BREW na Skyzone.

Entrou na Electronic Arts, pouco tempo depois do escritório da EA Mobile ser aberto em São Paulo. Na EA viu a transição dos jogos simples para celulares, para jogos muito grandes para smartphones e tablets. Atualmente é Technical Manager, e meu chefe!

Ele é formado em Sistemas de Informação na Mackenzie, onde atualmente está cursando um mestrado em Engenharia da Computação. Além disso, também já foi jogador profissional de basquete, e atualmente joga no time do Clube Circulo Militar de SP, é torcedor do Dallas Mavericks. Nem todo programador é sedentário! hahaha

Na entrevista abaixo, ele conta um pouco da transição das tecnologias para jogos em dispositivos móveis e comenta muitos aspectos técnicos sobre o desenvolvimento de jogos para mobile.

Continue reading

making of forza motorsport 4

Forza Motorsport 4 é um dos melhores e mais completos simuladores de corrida já feitos, e eu considero seu maior defeito ser exclusivo para Xbox 360, pois existem volantes e placas de vídeo incríveis para PC que seriam perfeitos para tornar a experiência de jogá-lo ainda melhor. Infelizmente, o Xbox 360 tem poucos volantes disponíveis, e apenas um “profissional” criado pela Fanatec. Eu sou um grande fã de jogos de corrida e simuladores, inclusive já escrevi um post aqui sobre alguns jogos bem legais.

Continue reading